Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

X
HomeFarmacológicosEsteróides anabolizantesConheça os Diferentes Tipos de Testosteronas (Anabolizantes)

Conheça os Diferentes Tipos de Testosteronas (Anabolizantes)

Conheça os diferentes tipos de testosterona que existem e Aprenda como e quando você deve utilizar cada um deles em seu ciclo de anabolizantes!

diferentes-tipos-testosterona


Tenho certeza que você já ouviu falar sobre a testosterona, não é mesmo? Se trata do principal hormônio presente no corpo dos homens e que também está presente no corpo das mulheres, porém em quantidades bem menores.

programa formula dos gigantes

A testosterona é base para a criação de todos os anabolizantes existentes no mundo. Os ciclos de testosterona são utilizados por atletas (profissionais ou não) geralmente para alcançar o objetivo de aumentar os níveis de massa muscular.

No entanto, existem diversos tipos diferentes de testosterona, e é nessa variedade de tipos que muitas pessoas acabam se confundindo na hora de motar seu ciclo. Pois dependendo de cada tipo de éster (Aprenda O que São Ésters de Anabolizantes), a sua forma de uso, quantidade, TPC são alterados.

Sendo assim, para que você não tenha mais dúvidas sobre como utilizar cada uma das variações da testosterona, sugiro que leia até o final este artigo em que ensino como usar cada tipo de testosterona.

Aprenda qual a duração da meia-vida de cada um, tempo de uso, combinações com outros anabolizantes para potencializar os resultados, efeitos colaterais e MUITO MAIS!

Propionato de testosterona

O propionato de testosterona é uma das formas de testosterona com ésteres mais curtos. Ele possui uma meia-vida aproximada de 2 dias.

Ou seja, suas aplicações são mais frequentes para que ela seja mantida no organismo. As aplicações, normalmente são feitas dia sim, dia não.

propionato de testosterona

Ele tem como principais características um maior peso de base e uma ação bem mais rápida do que outros ésteres mais longos.

No entanto, seu tempo durabilidade também é menor. Assim, seu tempo de detecção no organismo também pode ser considerado relativamente menor.

Ele pode ser usado para inícios de ciclos ou para ciclos mais curtos (cerca de 4 semanas). Além disso, ele é um dos ésteres que menos causam retenção hídrica e gera menos danos ao eixo HPT.

Ele normalmente é usado em conjuntos com outros anabolizantes voltados para o aumento de massa muscular, como a Trembolona, o Primobolan e o Stanozolol.

Fenilpropionato de testosterona

O Fenilpropionato de testosterona possui características muito próximas ao propionato de testosterona. Ele possui uma meia-vida um pouquinho maior, sendo de 3 dias.

Logo, suas aplicações podem ser a cada 2 dias. Ele normalmente não é encontrado de forma isolada, mas em blends de testosterona.

Fenilpropionato de testosterona

Também causando pouca retenção hídrica, ele pode entrar em conjunto com anabolizantes, como o Primobolan, o Stanozolol, o Turinabol e a Trembolona.

Fempropionato de testosterona

Com uma meia vida de 2 à 3 dias, este também não é um éster muito utilizado sozinho, é especialmente é usado junto com o Durateston.

O Durateston é uma combinação de quatro ésteres diferentes de testosterona, ou seja, o propionato de testosterona, o fempropionato de testosterona, o isocaproato de testosterona e o decanoato de nandrolona.

Fempropionato de testosterona – durateston

O Fempropionato de testosterona também garante uma meia-vida interessante para o durateston, deixando esse anabolizante em ação por mais tempo no organismo (como é o seu principal objetivo).

Isocaproato de testosterona

Este é um éster que dificilmente você vai encontrar isolado. Normalmente ele está em conjuntos em blends de testosterona. Ele possui uma meia-vida média de 4 dias e suas aplicações, por exemplo, podem ser de 2 vezes na semana.

Isocaproato de testosterona

Ele também não causa grandes índices de retenção hídrica, no entanto, pode causar mais do que os outros ésteres que citamos anteriormente.

Normalmente, suas principais aplicações, são em ciclos médios de 6 à 8 semanas e, neste caso, ele já pode ser combinado com uma gama maior de anabolizantes, como Stanozolol, Primobolan, Turinabol, Trembolona e etc.

Enantato de testosterona

O enantato de testosterona é um dos ésteres de testosterona mais utilizados no mundo inteiro. Um dos motivos para isso acontecer, é que ele é relativamente mais acessível em relação à outros. 

enantato de tetosterona

Ele possui uma meia-vida de, mais ou menos, 5 dias e é um anabolizante muito bom para ciclos médios (cerca de 8 semanas), mas não é difícil vermos ciclos de 12 semanas ou mais feitos com o enantato de testosterona.

Cipionato de testosterona

Normalmente encontrado na forma de Deposteron (nome comercial), o cipionato de testosterona é uma das testosteronas mais comuns usadas para o bulking (período de ganho de massa).

Isso porque, ele possui uma  meia-vida mais longa, com cerca de 6 dias e possui efeitos mais relacionados com o ganho expressivo de peso (especialmente pelo incremento de retenção hídrica).

cipionato de testosterona

Sendo usado também em ciclos de 8 à 12 semanas, ele pode ser combinado com substâncias, como a Nandrolona, a Boldenona, a Oximetolona e o Dianabol.

Já os anabolizantes de maior qualidade, como a Trembolona e o Primobolan normalmente não são combinados com o cipionato de testosterona para não terem seus efeitos estéticos prejudicados.

Decanoato de testosterona

O Decanoato de testosterona também é normalmente encontrado em blends de testosterona e não em sua forma isolada apenas.

Sendo sua meia-vida de 7 dias, ele já possui uma meia-vida mais longa e deve ser usado em ciclos mais longos, acima de 8 semanas.

nandrolona decanoato

Suas aplicações podem ser feitas 1 vez na semana, ou 2 vezes na semana, de acordo como a pessoa ache mais interessante (particularmente, recomendo 2 vezes na semana para manter os níveis do hormônio mais estáveis no corpo).

Ele traz um pouco de retenção hídrica, devido suas alterações nos níveis de ADH. Além disso, ele é mais fácil de causar danos ao eixo HPT.

Levando em consideração suas características e meia-vida, ele é um anabolizante interessante de ser combinada com a Nandrolona, o Dianabol e a Oximetolona.

Ainda, por se tratar de uma substância com meia-vida longa e usada em ciclos longos, pode também combinar com a Boldenona.

Undecilato de testosterona

O undecilato de testosterona é normalmente encontrado no fármaco Nebido (nome comercial). Sua meia-vida é bastante longa, podendo chegar a 53 dias, mas nota-se que em 34 dias você já não tem uma ação tão eficiente dele.

Sendo assim, podemos dizer que esse é um dos anabolizantes ideais para pessoas as quais fazem ciclos extremamente longos.

Undecilato de testosterona

Ele pode ser usado em combinação com outras substâncias de meia-vida longa, entretanto, devemos considerar que demorará muito para começar a agir no corpo.

Sendo assim, pode ser necessário a combinação de uma testosterona de éster mais curto no começo do ciclo, como o proprionato ou o enantato de testosterona.

Aprenda como utilizar corretamente os diferentes tipos de testosterona

Agora que você aprendeu sobre cada tipo de testosterona, deve estar querendo saber como fazer para aplicar o conhecimento em um ciclo de verdade, não é mesmo?

Te convido a fazer parte do Programa Fórmula dos Gigantes! Se trata de um método criado por mim em que compartilho com meus alunos mais de 20 anos de experiência no mundo dos anabolizantes.

Dentro do Programa você irá conhecer tudo sobre o mundo dos anabolizantes e irá receber conteúdo todo mastigado, com ciclos já prontos e estruturados, com dosagens, forma de uso, tempo de uso, horários, proteções para cada ciclo, TPC de cada ciclo e muito mais!

formula dos gigantes

Além de receber mais de 20 ciclos montados e estruturados, você também vai ter acesso a um módulo completo de Treino e Nutrição, para que você possa obter o máximo de resultados com o Programa!

Agora é com você, caso você queira se juntar a mais de 5.213 pessoas que tiverem resultados surpreendentes e de forma extremamente rápida, CLIQUE AQUI para ter mais informações.

Conclusão

Saber como e quando usar os diferentes tipos de testosterona disponíveis no mercado é essencial para garantir bons resultados nos seus ciclos.

Sendo assim, você conseguirá não só otimizar seus resultados, mas se prevenir de efeitos colaterais e e ficar cada vez mais próximo dos seus objetivos.

Bons ciclos!

Gostou do conteúdo? Clique nas Estrelinhas abaixo e nos diga, de 1 a 5, qual a sua nota para este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Conheça os Diferentes Tipos de Testosteronas (Anabolizantes)
formula dos gigantes

Artigos Relacionados

Suplementos em Promoção


Receba mais artigos

Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

Deixe o seu comentário!